http://www.itabiranet.com/adm/img_int/images/palmeiras.gif
INÍCIO     NOTÍCIAS     VÍDEOS    CINEMA    EVENTOS    FEMININO    GALERIA DE FOTOS    CONTATO

Polícia Civil participou das investigações que resultou na apreensão do suspeito de latrocínio

Depois do exagero
É este cardápio completo que deve seguir se quer fazer "dia detox"
02/01/2019 às 10:02:44

Mesmo quem mantém uma alimentação equilibrada e é disciplinado na dieta pode cometer exageros nas refeições, abusar de comidas pouco saudáveis e consumir algumas doses extras de bebidas alcoólicas de vez em quando. Para não comprometer a saúde e o processo de emagrecimento, confira um cardápio completo indicado pela nutricionista Fernanda Seiffer, coordenadora de projetos na E4 Agência, especializada no ramo de nutrição, para fazer um detox e compensar os excessos:

Alena Ozerova / Shutterstock

Cardápio detox para compensar exageros

Café da manhã: suco verde (couve, hortelã, limão, água de coco e abacaxi) + panqueca de banana, canela e farelo de aveia.

O suco verde feito com couve, abacaxi e água de coco é fundamental para iniciar o dia com antioxidantes em grande proporção, além de contribuir para a eliminação de líquidos em excesso. A panqueca é fonte de energia e carboidratos de absorção lenta, por ser feita com o farelo da aveia, garantindo uma maior concentração de fibras solúveis e amido resistente.

Irina Meliukh/shutterstock

Lanche da manhã: castanhas e coco fresco + água de coco natural.

Na refeição, a combinação de gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas, minerais e eletrólitos é uma importante estratégia nutricional. A castanha do Pará é a principal fonte de selênio, um antioxidante que também auxilia no processo de detoxificação hepática. A água de coco garante a reposição de eletrólitos e contribui para a hidratação. As lascas de coco promovem saciedade e são ricas em fibras, auxiliando na saúde intestinal.

Sharaf Maksumov/shutterstock

Almoço: salada de folhas verdes com palmito + legumes assados (abobrinha e batata doce) com ervas (alecrim, orégano, tomilho) + quinoa cozida com cebola roxa + chá gelado de hibisco com hortelã sem adoçar.

O almoço deve ser leve e balanceado, com alimentos de origem vegetal, ricos em fibras e fitoquímicos que promovem o equilíbrio corporal. O ideal é começar com um prato de salada de folhas verdes e palmito, temperado com um fio de azeite e sumo de um limão, para facilitar a digestão e fornecer vitamina C (limão) e ômega-9 (azeite).

Os legumes são fontes de fibras e carboidratos de absorção lenta, garantindo energia sem provocar pico de glicose e hipoglicemia de rebote. A quinoa é a fonte proteica da refeição, sendo um cereal que fornece aminoácidos em boa proporção, além de vitaminas do complexo B e minerais.

from my point of view/Shutterstock

Lanche da tarde: bebida energética sem açúcar + smoothie de bebida vegetal de castanha, frutas vermelhas e cacau.

Para promover energia, sem aumentar o valor calórico do dia, no lanche da tarde recomenda-se uma lata de bebida energética sem açúcar. O smoothie fornece alta concentração de fitoquímicos com ação antioxidante, principalmente antocianinas presentes no cacau e nas frutas vermelhas.

AnnaMorozova/Shutterstock

Jantar: sopa de abóbora, gengibre e couve refogada com azeite de oliva extravirgem + 1 fatia média melancia.

A sopa é uma opção rica em betacaroteno e gingerol, dois importantes antioxidantes que contribuem para a redução de radicais livres que se acumulam com o excesso de alimentos calóricos.

A melancia é fonte de citrulina, um aminoácido precursor da arginina que promove a dilatação dos vasos sanguíneos e, consequentemente, contribui para a entrega de nutrientes aos tecidos corporais, além de ser rica em água e também auxiliar na hidratação.

OLENA MARKOVA/Shutterstock

Reprodução VIX - Mulher ESCRITO POR Paulo Nobuo







E-mail: contato@itabiranet.com

(31) 8891-0512

NOTÍCIAS EM ÚLTIMO MINUTO!

© ItabiraNet 2019. Todos os direitos reservados. Webmail